A ÚLTIMA FRONTEIRA

Projeto: Desenho Urbano

Localização: Heliópolis, São Paulo, Brasil

Data: 2011

Cliente: Prefeitura de São Paulo

Área Projecto: 70 600 m²

Fotografia: Estúdio AMATAM

.

Atualmente a falta de espaços públicos e de uma gestão eficiente de resíduos constituem as duas questões mais urgentes enfrentadas por Heliópolis. O município indicou um local – uma longa e desocupada faixa que faz fronteira entre a favela e uma estação de esgoto – para o desenvolvimento do projeto. Nesse lugar está a ser proposta a instalação de um centro de reciclagem e, a pedido da associação de moradores, um parque para o bairro.

Combinando diversos interesses, tipologias de construção e modelos urbanos, a “última fronteira” define uma nova faixa que mistura o horizonte urbano com o assentamento irregular. Uma rua linear é apresentada como um forte gesto urbano e a sua utilização comercial define-a como espinha dorsal do plano. Espaços públicos ligam a favela ao parque urbano integrando a nova proposta ao tecido construído. A “última fronteira” ativa o limite de Heliópolis e transporta o seu ponto focal para o exterior e em direcção à cidade.

 

Este projeto encontra-se publicado nos seguintes livros:

PRESS-Sehab

 

PRESS-BuildingBrazil

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share
category / categoria: